conecte-se conosco


Policial

Suspeitos de homicídio identificados em Pontes e Lacerda

Publicado

em

 Assessoria | PJC-MT

Uma mulher de 49 anos e um homem de 61 anos foram identificados pelo Polícia Civil de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste), pelo assassinato do tratorista Adilson do Rosário Vieira, 55 anos, ocorrido no último domingo, 12 de maio. Ambos foram ouvidos nesta quarta-feira (15) e liberados por estarem fora do período de flagrante, mas devem responder por homicídio qualificado.

A vítima, conhecida como Valadares, foi encontrada sem vida nos fundos de um apartamento localizado em frente a um hotel, na Avenida Bom Jesus, no centro de Pontes e Lacerda. O corpo apresentava sinais de ferimentos com faca e queimaduras e não possuía nenhum documento de identificação.

A suspeita C.A.D, e 49 anos, e o suspeito L.F.S., 61 anos, conhecido por Mossoró, informaram que eles junto com a vítima estavam todos ingerindo bebida alcoólica na casa de C.A.D. Em determinado momento, a suspeita C.A.D que estava fazendo comida em um fogareiro, teria sido assediada sexualmente, e ela acabou arremessando um pote com álcool em Adilson, que pegou fogo provocando as queimaduras. Antes, o suspeito L.F.S também teria tomado partido a seu favor, entrando em luta corporal com a vítima.

Durante investigação, uma testemunha que mora no segundo piso do apartamento em que a vítima foi encontrada, relatou a polícia que a moradora do apartamento estava na noite de sexta-feira (10.05), ingerindo bebida alcoólica com a vítima e o outro suspeito.

A testemunha disse ter visto a briga entre eles e depois não viu mais a vítima. Policiais civis conseguiram identificar a vítima e os suspeitos foram encaminhados a Delegacia de Polícia de Pontes e Lacerda.  

Mais ocorrências

No mesmo final de semana, foi registrado mais um homicídio, cuja vítima, identificada apenas por Fernando, foi encontrada ensangüentada com vários golpes de faca, no braço, pescoço, peito e barriga. O autor dessa morte, Marcos de Franca, 29 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar. O homicídio ocorreu nas primeiras horas de domingo (12), por depois da meia noite.

Na noite de sábado (11.05), por volta das 23h30, também foi registrada uma tentativa de homicídio contra A.R.M.S, 28 anos, ocorrida após briga generalizada em um bar. A vítima foi atingida por vários golpes de faca que atingiram a região do estomago, deixando as vísceras para fora. Ele foi socorrido e está hospitalizado. As investigações já estão avançadas para identificação da autoria.

As investigações são do delegado Clayton Queiroz Moura.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil prende mulher com quase 4 quilos de droga

Publicado

em

por

Assessoria | PJC-MT

Uma mulher envolvida com o tráfico de drogas na região de fronteira foi presa pela Polícia Judiciária Civil, na noite de sexta-feira (24.05), após ser flagrada com quase quatro quilos de entorpecentes em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste). A ação integra o trabalho investigativo de combate a criminalidade no município.

Laila Caroliny Silva Moura, 25, foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. A suspeita possui condenação a oito anos de reclusão, decretada pela Comarca de Barra do Garças, pelo mesmo crime.

A suspeita vinha sendo investigada por participar de ações criminosas junto a seu esposo. Após informações que o casal estaria com certa quantidade de entorpecentes, os policiais civis foram até o endereço dos suspeitos, onde ao se aproximarem do imóvel Laila gritou para seu marido, o qual conseguiu correr e empreender fuga pelos fundos da casa, que da acesso para um terreno baldio. 

Durante buscas no local, foi localizada uma sacola branca com várias porções grandes e pequenas de maconha e pasta base de cocaína, uma balança de precisão, bem como uma arma de pressão possivelmente adaptada para calibre 22, entre outros materiais utilizados para traficância.     
  
Diante do flagrante, a suspeita foi conduzida à Delegacia de Pontes e Lacerda, interrogada e autuada em flagrante por tráfico de drogas. A arma de pressão apreendida será periciada e sendo confirmada a adaptação para o calibre 22, a presa responderá também por posse ilegal de arma de fogo.

As diligências continuam para localizar o esposo da suspeita, que conseguiu escapar do cerco policial.

 

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana