conecte-se conosco


Mulher

Short Bob, corte de Agatha Moreira, é hit nos salões; saiba como aderir

Publicado

em

“Uma libertação”. Assim Agatha Moreira define o corte de cabelo short bob que adotou para viver Josiane, em “A Dona do Pedaço”, da Rede Globo. O visual, sofisticado e despojado ao mesmo tempo, virou referência nos salões de beleza Brasil e passou a ser um xodó até para a atriz, que diz só ter coragem de radicalizar no look para uma nova personagem.

Leia também: 3 cortes de cabelo que são tendência para a temporada de inverno 2019

Agatha Moreira
Reprodução/Instagram/agathaamoreiraa/

Agatha Moreira radicalizou no visual para viver personagem Josiane em A Dona do Pedaço, novela da Rede Globo

“Nem quando criança usei cabelo tão curto assim. Mas, a cada dia, estou amando mais. As pessoas me perguntam se me acostumei rápido, e respondo que não levei nem dez segundos. Eu já saí do cabeleireiro achando uma maravilha”, conta Agatha Moreira , que passou pela tesoura do hairstylist Marcos Padilha.

O short bob pode ser adaptado para diferentes formatos de rosto, em suas variações. A expert Bruna Scharf, da rede de salões Walter’s Coiffeur, garante: “O short bob com franja, estilo usado por Agatha na novela, veio para ficar. O corte permite diferentes estilizações.”

O corte de cabelo pode ser usado em diferentes tamanhos: curto, médio ou longo, com camadas, pontas retas e até com franjas variadas. O estilo combina com rostos ovais e finos, por proporcionar uma sensação de preenchimento nas laterais.

“Apesar de rostos ovais ou finos harmonizarem melhor com esse corte, podem ser adotadas variações dele para pessoas com formatos de rosto redondos ou quadrados”, afirma Bruna.

Como aderir ao corte short bob?

Agatha Moreira
Reprodução/Instagram/agathaamoreiraa/

O short bob de Agatha Moreira é um corte democrático e combina com todos os tipos de cabelos, rostos e estilos

O corte é executado na altura da boca, com pontas arredondadas, e traz um efeito desfiado que proporciona movimento e leveza aos fios. Pode ser adaptado para cabelo mais liso ou ondulado. “Esse corte é indicado para cabelos naturais, porque fios com progressiva não vão proporcionar a leveza necessária para o acabamento”, explica Bruna. O profissional pode utilizar a tesoura e também a navalha para os cabelos mais lisos.

Para as mulheres de rosto arredondado, a dica é deixar o comprimento mais longo na frente e mais curtinho na nuca. “A franja longa é uma ótima opção para esse caso”, completa Bruna. Segundo ela, as franjas equilibram os traços e diminuem a testa.

Já para os cabelos mais finos, o visual pode ser estilizado com babyliss e aplicação de musse para dar volume. Dessa forma, o cabelo fica arrumado para qualquer ocasião formal, sem perder o charme dos fios despojados. No dia a dia, é possível deixar secar naturalmente ou usar o secador e a pomada modeladora para manter aquele ar de “bagunçadinho” do short bob por mais tempo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Eu estava desesperada, diz jovem que foi “sugar baby” para pagar sua faculdade

Publicado

em

por

A história de Jessica Hyer não é exatamente incomum. Aos 19 anos, a jovem britânica se viu endividada enquanto cursava Inglês e Dramaturgia na Universidade de Manchester, na Inglaterra. Sem apoio financeiro da família, visto que ela saiu de casa três anos antes e vinha se sustentando sozinha desde então, ela viu a solução para os seus problemas em um anúncio.

Leia também: Presentes caros, viagens, mimos e até sexo… Como é o relacionamento sugar?

sugar baby
Reprodução/Facebook/Jessica Hyer

Jessica Hyer diz que passou a trabalhar como “sugar baby” por não ter dinheiro

A propaganda no Facebook direcionava para um site no qual homens, geralmente mais velhos, “patrocinavam” mulheres mais jovens, uma relação entre “sugar daddy” e ” sugar baby “. “Eles fazem você pensar que esses homens são mentores, que eles vão te ajudar na carreira, que não te veem de maneira sexual, quando, na realidade, sexo é o objetivo final”, desabafa Jessica em entrevista ao site Manchester Evening News.

Jessica conta que uma das poucas experiências “glamurosas” que teve como “sugar baby” foi quando um cliente a buscou de Lamborghini e lhe deu uma quantia em dinheiro vivo que ela nunca havia visto na vida. No início, ela diz que eram apenas encontros, pelos quais ela recebia de 70 a 150 libras (R$ 340 a R$ 728, segundo a conversão do BC) mas conforme sua situação financeira se deteriorava, passou a topar mais riscos: “Eu estava desesperada”.

Leia também: “Amor à primeira vista”, diz jovem de 23 anos casada com homem de 65 anos

“Alguns dos meus amigos pensavam que [ser ‘sugar baby’] era divertido e glamuroso, mas só porque eu não contava para ninguém como realmente era, a maioria das mulheres não conta”, relata a britânica, hoje com 24 anos.

sugar baby Jessica Hyer
Reprodução/Facebook/Jessica Hyer

Sexo é o objetivo, diz Jessica sobre encontros

Embora chegasse a receber cerca de 600 libras (cerca de R$ 2,9 mil) em uma noite em raras ocasiões e o dinheiro a sustentasse, Hyer diz que receber dinheiro em troca de sexo a isolou e a fez sentir que não havia apoio para “pessoas como ela”. 

“Não estou dizendo que todos os homens não são legais, mas, na minha experiência, a grande maioria deles não te trata como se você fosse um humano. Um ‘ sugar daddy ‘ disse uma vez para mim: ‘Eu geralmente vou atrás de meninas menos atraentes porque elas são menos confiantes’”, explica Jessica.

Leia também: Jovem de 21 anos sobre vida sexual com noivo de 74: “Não precisa de Viagra”

Em quatro anos como “sugar baby”, a jovem estima que saiu com cerca de 50 homens. Hoje, recuperada com ajuda de terapia e de seu parceiro, Jessica afirma que quer ajudar mulheres e homens que têm dificuldades de deixar esta vida para trás.

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana