conecte-se conosco


Esportes

Ramires está em São Paulo para negociar contrato com o Palmeiras

Publicado

em

Lance

Ramires
Site oficial

Ramires, de 32 anos, está livre no mercado

Ramires já está em São Paulo para negociar pessoalmente com o Palmeiras. O volante desembarcou na capital paulista na noite dessa terça-feira (11) e se encontrará com dirigentes do clube para tratar salários e tempo de contrato, já que está livre no mercado desde o mês passado.

O meio-campista Ramires , de 32 anos, ficou sem vínculo com nenhum clube depois de fazer acordo para deixar o Jiangsu Suning, da China. Chegou a ser colocado na mira de Flamengo e São Paulo, mas está próximo do Verdão, onde pode reencontrar o técnico Luiz Felipe Scolari , que o convocou para a disputa da Copa do Mundo de 2014.

Leia também: “Situação ridícula”, diz Petraglia sobre ‘jaula’ no estádio do Palmeiras

Em janeiro de 2018, durante a janela de transferências na Europa e, também, período de inscrições do Campeonato Chinês, Ramires recebeu uma proposta do Benfica, de Portugal. O Jiangsu contou com sua saída como certa e não o inscreveu. Como a negociação com a equipe de Lisboa não se concretizou, o volante manteve a forma atuando pelo time B do clube chinês.

O ex- volante da Seleção não atua no futebol brasileiro desde 2009, quando trocou o Cruzeiro pelo Benfica, de Portugal, após ser vice-campeão da Libertadores daquele ano. Em 2010, já estava no Chelsea, onde foi peça fundamental na conquista da Liga dos Campeões da Europa, em 2012. Saiu da Inglaterra para a China em 2016, no Jiangsu Suning.

Ramires atuou na Copa de 2010 com Felipe Melo, sendo titular na equipe de Dunga que chegou às quartas de final (cumpriu suspensão na eliminação, contra a Holanda). No Mundial seguinte, em 2014, foi convocado por Felipão e enfrentou o atual treinador do Palmeiras enquanto ambos estavam na China.

Leia também: Ex-goleiro Marcos causa polêmica com comentário sobre Prass nas redes sociais

O meio-campista pode ser a sétima contratação do Verdão para 2019. O clube trouxe até agora o volante Matheus Fernandes, do Botafogo (que só atuou duas vezes e perderia ainda mais espaço com Ramires ), o meia Zé Rafael, do Bahia, os atacantes Arthur Cabral, do Ceará, Carlos Eduardo, do Pyramids, do Egito, e Felipe Pires, do Hoffenheim, da Alemanha, e o meia-atacante Ricardo Goulart, que já acertou sua volta ao Guangzhou Evergrande, da China.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Neymar quer pedir desculpas públicas ao Barça e dizer que errou em ida ao PSG

Publicado

em

por

Neymar
Divulgação/PSG

Neymar pode voltar ao Barcelona na próxima janela de transferências

Neymar está disposto a tudo para retornar ao Barcelona. Agora, o craque quer pedir desculpas publicamente ao clube catalão e dizer que errou ao assinar com o Paris Saint-Germain, em 2017. Na época da transferências, o camisa 10 foi comprado por 222 milhões de euros e se tornou a negociação cara da história do futebol mundial.

Leia também: Maioria dos torcedores do Barcelona não quer o retorno de Neymar ao clube

De acordo com o jornal ‘Sport’, Neymar está profundamente arrependido e quer voltar atrás. O brasileiro sente que não conseguiu alcançar os objetivos a que se propôs ao nível esportivo – na Liga dos Campeões, o PSG não foi além das oitavas de final – e percebeu que o clube francês não tem calibre para se impôr aos grandes clubes europeus em campo.

Ainda segundo o jornal, o atacante já teria admitido, em particular, a alguns ex-companheiros de Barcelona o seu erro. Conforme o ‘Sport’, o craque estaria arrependido da decisão que tomou e teria “se deixado levar pela exorbitante oferta parisiense e a possibilidade de encabelar um projeto destinado a marcar uma época na Europa”.

Leia também: Polícia francesa consegue vídeos do hotel onde Neymar se encontrou com Najila

A imprensa espanhola já relatou que Neymar estaria disposto a ganhar bem menos do que ganha atualmente no Paris Saint-Germain, voltando ao salário que tinha na época em que deixou o Camp Nou. No entanto, o PSG não quer aceitar negociar o jogador com o Barcelona.

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana