conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil realiza 1º Curso de Atirador de Precisão para policiais do GOE

Publicado

em

Assessoria | PJC-MT

Um homem acusado dos crimes de homicídio tentado, estupro e lesão corporal contra a ex-companheira teve o mandado de prisão cumprido, nesta segunda-feira (17.06), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM), da Polícia Civil de Mato Grosso com apoio da Polícia Civil de Rondônia.

Os crimes praticados por Márcio da Silva Viana ocorreram no ano de 2016, em Cuiabá. Segundo as investigações, no dia do crime, o suspeito desferiu cinco golpes contra a companheira, utilizando uma marreta de ferro. A vítima foi socorrida por um vizinho e passou vários dias internada no hospital.

O laudo médico apontou que a vítima teve fratura no crânio, com ferimento externo no coro cabeludo. Atualmente, a vítima encontra-se impossibilitada de trabalhar devido as lesões sofridas.

O suspeito já teria agredido a companheira em ocasiões anteriores, uma delas em que feriu gravemente a vítima com uma panela e ainda a obrigou manter relações sexuais diversas vezes com ele.

Devido às agressões, ele respondeu a dois inquéritos policiais na Delegacia da Mulher, sendo constatado que os fatos ocorreram motivados por ciúmes excessivos do parceiro, que controlava todos os passos da vítima, não permitindo que ela tivesse amigos ou comunicasse com familiares.

As investigações à época foram presididas e finalizadas pela delegada Eliane Moraes, atualmente lotada na Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Com base nos indícios, foi representado pela ordem de prisão preventiva do suspeito, a qual foi decretada pela Justiça.

Em posse do mandado de prisão, o Núcleo de Inteligência Operacional da DEDM tomou conhecimento de que suspeito estaria foragido em Rondônia e então iniciou as diligências com a finalidade de prender o criminoso, que foi localizado com apoio da Polícia Civil do referido estado.

A delegada, Nubya Beatriz Gomes dos Reis, na qualidade de Coordenadora do Núcleo de Inteligência Operacional da Delegacia da Mulher agradeceu o empenho da Polícia Civil de Rondônia pelo efetivo cumprimento da prisão do foragido.

 

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil apreende 232 bolsas réplicas de grifes famosas

Publicado

em

por

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil apreendeu 232 produtos (bolsas e carteiras) réplicas de grifes famosas na sétima fase da operação Fictus VII, realizada na manhã desta quarta-feira (17), pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) em conjunto com o Procon de Cuiabá e apoio da equipe da Diretoria de Execução Estratégica (DEE).

A mercadoria, sendo  211 bolsas e 21 carteiras, foi apreendidas em duas lojas do Shopping Popular, no bairro Dom Aquino,  na Capital. Em um Box foram 138 cópias de bolsas de marcas Victor Hugo e Louis Vuitton, e no segundo foram 21 carteiras e 73 bolsas, falsificadas da marca brasileira e francesa.

Um dos proprietários informou aos policiais que os produtos são oriundos de São Paulo e que tem conhecimento serem de “segunda linha”, ou seja, falsificados.

O Procon lavrou auto de constatação e infração contra os dois estabelecimentos.

O delegado da Decon, Antônio Carlos Araújo, informou que serão instaurados dois inquéritos policiais e após perícia da Politec ficar constatado que os produtos são falsificados os responsáveis pelos estabelecimentos serão indiciados. 

Os dois proprietários foram conduzidos à Delegacia do Consumidor e poderão ser responsabilizados em crimes relativos a condutas praticadas no comércio de produtos falsificados ou pirateados, que estão tipificadas no artigo 190, inciso 1 da Lei 9.279/96, do Código de Propriedade Industrial, pena detenção de 3 meses a 1 ano; artigo 7, inciso 7, VII, da Lei 8.137/90 da lei contra as Relações de consumo, pena de 2 a 5 anos ou multa; por fraudes no comércio, previsto no artigo 175, inciso I do CPB, e ainda por infrações praticadas dentro do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90 em seu artigo 67).

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana