conecte-se conosco


Tecnologia

Os perigos do Wi-Fi aberto: saiba como navegar de maneira segura

Publicado

em

Quando se está fora de casa, e principalmente durante viagens, uma das primeiras coisas a fazer é procurar por um Wi-Fi aberto. No entanto, a maioria das pessoas não imagina que a conexão por esse meio passa longe de ser inofensiva.


Pessoa com o celular em mãos, conectando no WiFi
shutterstock

Conectar-se por meio de um Wi-Fi aberto pode trazer algumas consequências a seu dispositivo

Leia também: Sinal de alerta: Chromecast pirata pode levar vírus a outros aparelhos por WiFi

Quando uma pessoa se conecta a uma rede de  Wi-Fi aberto , como as de cafés e hostels, você passa a compartilhar a rede com estranhos. Com conhecimento e equipamentos técnicos básicos, esses desconhecidos podem monitorar ou até mesmo modificar o seu tráfego de internet.

Diferente das redes domésticas, que geralmente são protegidas com protocolos de segurança, as redes públicas de Wi-Fi são muito mais fáceis de invadir. 

De acordo com Harold Li, vice-presidente da empresa ExpressVPN, é possível que hackers usem uma técnica para enganá-lo de modo que você pense que esteja em uma conexão segura quando, na realidade, eles têm acesso a seus dados, inclusive senhas.

“Pense como se você estivesse compartilhando uma caixa postal com estranhos. É difícil saber se seus envelopes foram abertos com vapor, por exemplo, se o conteúdo foi lido e até mesmo modificado”, explica Harold.

Leia também: Saiba como encontrar internet Wi-Fi com a ajuda do aplicativo do Facebook

Soluções para uma navegação mais segura no Wi-Fi aberto


Pessoa conectada com segurança
shutterstock

Existem alguns cuidados para manter uma navegação segura e preservar o seu dispositivo

Com esse perigo em mente, existem algumas formas de se conectar sem passar pelo risco de ter o seu aparelho invadido. Igor Rincon, especialista em segurança da informação na empresa Flipside (empresa de conscientização em segurança cibernética), dá algumas dicas do que fazer para navegar da maneira mais segura possível:

  • usar anti malware preferencialmente pagos;
  • sempre desconfiar de promoções ou mensagens que algum hacker pode usar para chegar até você;
  • usar cofre de senhas em todas redes sociais ou sites que você usa

O especialista ainda completa: “Grande parte das ameaças em torno de uso da rede pública de Wi-Fi envolvem interceptações de dados. Então a primeira coisa ser feita é trocar suas senhas com a opção desconectar de outros dispositivos”.

Por outro lado, Harold Li ressalta que usar senhas fortes podem ajudar a manter a segurança dos seus dados e de suas contas: “As pessoas ainda utilizam senhas fáceis de serem quebradas (aquelas que são curtas e usam palavras do cotidiano) em diversos sites. As senhas devem ser longas, incluir números e símbolos e não conter palavras comuns”.

Harold também afirma: “Se você não pode criar uma senha única para cada site e serviço, você deve pelo menos usar uma senha específica para cada uma de suas contas mais sensíveis como e-mail e conta de banco. A melhor maneira de gerenciar diversas senhas é utilizando ferramentas de gerenciamento de senhas confiáveis”.

Criptografia e VPN


Conexão segura
shutterstock

A criptografia garante que apenas você e o destinatário possam ver as informações enviadas e recebidas

Outra forma de evitar que seus dados sejam colhidos pelos invasores é a denominada criptografia, que consiste numa técnica utilizada  para impedir que um hacker compreenda ou modifique suas informações.

“A criptografia protege sua privacidade e segurança não só dos que utilizam a mesma conexão Wi-Fi, mas também do seu provedor de internet e até mesmo do governo”, Harold Li aponta. “É como usar uma linguagem secreta de códigos que somente você e o destinatário entendem”.

Um método que as empresas usam para manter a segurança da navegeção é a VPN (Rede Virtual Privada). Funciona como um  túnel seguro entre dois ou mais dispositivos. 

Leia também: Aplicativo democratiza acesso à conexão Wi-Fi de forma gratuita

Sendo assim, é recomendável que o internauta tome cuidado ao se conectar por meio de um Wi-Fi aberto. “A dica principal que eu dou é: Pense como um atacante iria usar suas informações para te chantagear ou usá-las contra você. Dessa forma todo o seu comportamento passa por um filtro antes de ser feito”, destaca Igor Rincon.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Os melhores apps de foto para substituir a câmera do seu celular

Publicado

em

por

O clique perfeito nem sempre sai na primeira tentativa – às vezes, tudo fica embaçado, ou então o a falta de luz pode atrapalhar a qualidade da imagem. Nessas horas, não há nada de errado em procurar pela ajuda dos melhores apps de foto para celular para fazer o que a sua câmera não está conseguindo.

Leia também: De joystick a tripé: 9 acessórios para celular que vão facilitar sua vida


Mulher tirando foto do pôr do sol com o celular
shutterstock

Os melhores apps de foto são aqueles que permitem que você edite ou capture seu dia a dia com o máximo de qualidade

Mas a tarefa de encontrar o aplicativo ideal para o seu gosto pode ser trabalhosa. Afinal, você provavelmente terá de testar vários deles antes de encontrar o programa que mais de agrade dentre os melhores apps de foto que a App Store ou a Play Store separam em suas listas.

Pensando nisso, o iG Tecnologia  separou os 6 melhores aplicativos para foto para aqueles que procuram uma experiência mais profissional ou até mesmo mais excêntrica nas suas sessões fotográficas. Confira.

Os melhores apps de foto para você


Homem segurando cinco paus de selfie diferentes para tirar uma foto sua
shutterstock

Encontrar um bom aplicativo para fotos não é uma tarefa fácil, e requer que você teste bastante antes de escolher

Antes de mais nada, nem todos os aplicativos indicados aqui atenderão aos seus gostos e necessidades. Testar o aplicativo para fotos de sua escolha continua sendo a melhor maneira de decidir qual irá usar – ou não.

1. VSCO


Celular com o logo do VSCO na tela ao lado de uma lente de câmera profissional
shutterstock

O VSCO, primeiro da lista com sua própria ferramenta de câmera, é o queridinho dos Instagrammers e influenciadores

Segundo Maurício Vilar, técnico da Suporte Smart, o VSCO é um dos aplicativos favoritos dos influenciadores digitais e dos usuários do Instagram, e tem mais de 130 filtros pré-definidos para você explorar nas suas fotografias.

Gratuito tanto para Android quanto para iOS, este aplicativo para fotos conta com seu próprio software para substituir a câmera do celular e dá um toque mais profissional e cinematográfico para os seus cliques.

Para usá-lo, no entanto, é preciso criar uma conta própria, já que ele tem funções de compartilhamento também, de forma semelhante ao Instagram ou ao Pinterest – fazendo dele não só um dos melhores apps de foto, mas também um dos mais completos.

2. Huji Cam


Fotografia de uma árvore tirada com o efeito analógico do Huji Cam
Reprodução/Twitter/kimoinnkya

O Huji Cam permite que você tire fotos estilo analógico no seu celular, para dar um ar nostálgico aos cliques

Disponível para iOS e Androide, o Huji Cam é um aplicativo que permite que você tire fotos com uma estética “à la anos 1990”, que imita a imagem produzida pelas câmeras de filme. Uma boa forma de substituir a câmera do seu celular para dar um toque mais  vintage  aos seus cliques.

3. Open Camera


Mulher surpresa apontando para a tela do celular
shutterstock

Outro dos aplicativos para foto que permite uma maior customização da sua experiência fotográfica é o Open Camera

Exclusivo para Android, o Open Camera permite que o usuário desfrute de um vasto leque de ferramentas para melhorar as suas fotos. Ele faz com que o usuário consiga, por exemplo, escolher o formato que a imagem será salva (JPEG, PNG, etc.) e a qualidade dela.

Você pode, também, escolher uma das 11 opções de réguas para usar como guias para a sua fotografia sair perfeita, ou então tirar várias fotos em sequência automaticamente. 

4. Adobe Lightroom


Celular com o logo do Lightroom na tela apoiado sobre um MacBook
shutterstock

Originalmente criado para o PC, o Lightroom tem sua própria câmera e ferramentas profissionais de edição no mobile

O Adobe Lightroom começou como um programa de edição para computador, mas logo fez sua transição para os smartphones. Mesmo tendo sido criado originalmente para os fotógrafos profissionais, sua versão mobile traz uma interface bastante simples para os usuários mais casuais, algo que fez com que ele logo se revelasse um dos melhores apps de foto.

A grande vantagem do Lightroom para celulares, no entanto, é sua câmera. No modo Pro, você pode configurá-la de acordo com suas preferências – seja ajustando a iluminação, adicionando filtros ou colocando um “nível” no grid para ver se o celular está reto no momento do clique.

5. Camera+ 2


Foto da câmera traseira do iPhone XS
shutterstock

Se você não se incomoda de ter que pagar, para profissionalizar a câmera do seu iPhone 7/8 Plus ou X, o Camera+ 2 é o ideal

O Camera+ 2 é outro aplicativo exclusivo para aparelhos iOS. E, assim como o Afterlight, ele é uma evolução de seu original, o Camera+, que vendeu mais de 14 milhões de cópias.

Seu intuito é deixar a câmera do seu iPhone mais completa que a original e aprimorar a compatibilidade com as ferramentas do sistema operacional iOS 11. A vantagem desse app em comparação aos outros é a possibilidade de controlar quase tudo na câmera do celular, até a velocidade do obturador.

“A nova versão do app vai permitir também utilizar ao máximo a função do Modo Retrato presente nos iPhones com câmera dupla, como o 7 Plus, 8 Plus e X”, observa Maurício.

Porém, há uma desvantagem em comparação aos outros aplicativos da lista: o preço. Adquirir o Camera+ 2 significa desembolsar R$ 10,90 na App Store.

6. Camera MX


Celular Android com a tela inicial aberta
shutterstock

Para incrementar a câmera do seu Android, um dos melhores apps de foto é o Camera MX, semelhante ao Camera+ 2

Para os usuários de Android que não poderão desfrutar dos benefícios do quinto item da lista, a alternativa é usar o Camera MX. Com funções bastante semelhantes, a vantagem dele em comparação ao anterior é o preço: baixar este aplicativo não lhe custará nada.

Além das opções para otimizar a qualidade das suas fotos, o Camera MX também permite a criação de vídeos em timelapse, fotos que registram os momentos anteriores à captura, e opções de filtros instantâneos.

Leia também: Duas, três ou quatro? Quantas câmeras de celular são realmente necessárias?

Com estes seis dos melhores apps de foto , sua vida vai ficar muito mais fácil, seja na hora de tirar uma selfie perfeita para o Instagram ou quando precisar de um clique profissional para o seu portfólio mas não tiver uma câmera por perto.

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana