conecte-se conosco


Carros

Jaguar I-Pace: SUV elétrico é diversão garantida na pista

Publicado

em


Jaguar I-Pace na estrada
Divulgação

Jaguar I-Pace consegue acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos, de acordo com a fabricante

Quando a Jaguar Land Rover nos convidou ao Autódromo Velo CIttà para o lançamento do novo Jaguar I-Pace, ainda não tinha ideia do desempenho e equilíbrio que o novo crossover elétrico teria. Sim, o termo “crossover” é mais apropriado, ainda que a marca trate o lançamento como um “SUV”. Ele é baixo, esticado e traz elegantes rodas de aro 20. Além, é claro, de um focinho muito esportivo.

LEIA MAIS: Jaguar I-Pace SVR bate recorde e vai de 0 a 100 km/h em mero 1,8 segundo

Em relação às outras fabricantes premium, a Jaguar foi a que mais levou tempo para apresentar seus primeiros SUVs. O F-Pace foi lançado apenas em 2016, enquanto o irmão E-Pace chegou no ano passado. Ambos os modelos são esportivos legítimos em vários tópicos, e isso me deixou ainda mais curioso sobre como o Jaguar I-Pace seria.

Limpo, dinâmico e familiar, o modelo traz todos os atributos que esperamos de um carro do futuro. O I-Pace parece ter vindo das mãos de um engenheiro de 2050, ainda mais quando pisamos fundo na pista e um som agudo de espaçonave preenche a cabine.

Millennium Falcon


Na reta principal, vejo o head-up display c hegar próximo dos 170 km/h. Cheguei na mesma velocidade em uma Audi RS4 Avant, mas com o ronco encorpado de um grande motor 2.9 V6. É muito estranho acelerar um esportivo elétrico na pista pela primeira vez, quase como um show acústico do Metallica.

Os carros elétricos se beneficiam de um ótimo centro de gravidade, graças às baterias acopladas na plataforma (que correspondem a 9 mil iPhones no I-Pace, de acordo com os engenheiros). Levo o pé direito ao freio e me preparo para a primeira curva. O Jag reduz a velocidade com vigor e distribui bem a tração para percorrer a tangência. Como cada eixo possui um motor, o “handling” fica ainda mais equilibrado e firme.

LEIA MAIS: Jaguar revela o SUV elétrico I-Pace, e põe o Tesla Model X para correr, em vídeo

Por ser um eletrificado , o I-Pace tem força instantânea a qualquer momento. São 400 cv de potência e 69,6 kgfm de torque, capazes de fazer o modelo acelerar de 0 a 100 km/h em míseros 4,8 segundos. É o carro urbano mais rápido da Jaguar, perdendo apenas para o F-Type.

O fato do I-Pace dispensar um eixo cardã central também melhora o espaço interno. Seu assoalho é totalmente plano, deixando espaço suficiente para os pés dos ocupantes do banco traseiro. Cinco adultos podem viajar confortavelmente, sem que tenham seus meniscos esmagados ou choques de ombro.

Apesar de ser um crossover esportivo, seu porta-malas é de SUV médio-grande. São bons 656 litros de carga para acomodar a bagagem de uma família inteira. Ótima notícia para quem curte viajar.


E dá para viajar?


Painel do Jaguar I-Pace
Divulgação

Painel do Jaguar I-Pace mostra boa ergonomia e uma série de recursos modernos, com telas de alta resolução


Este é o grande dilema dos carros elétricos nos dias de hoje: a autonomia. Mesmo em países desenvolvidos como os Estados Unidos, é normal que uma família tenha um modelo elétrico para afazeres urbanos e outro veículo movido a combustão para viagens longas. Afinal, encher o tanque de qualquer carro convencional requer uma parada de menos de dois minutos.

Mesmo nos terminais de recarga rápida, o proprietário teria que esperar cerca de 40 minutos para ter mais de 80% de sua autonomia recuperada no I-Pace. Mas até lá, você já teria andado um bocado.

A própria Jaguar compartilhou um teste feito há alguns meses. Os engenheiros saíram do escritório da marca na zona sul de São Paulo, foram até Juqueí no litoral norte e, então, retornaram. O I-Pace enfrentou o trajeto de 312 km sem qualquer recarga, voltando para a capital com 19% de carga.

LEIA MAIS: Jaguar E-Pace 2.0: utilitário para quem curte acelerar

Mesmo com ar-condicionado e outros instrumentos ligados, é possível viajar com o Jaguar I-Pace sem grandes problemas. A marca britânica parece ter encontrado a intersecção perfeita entre dirigibilidade, ecologia e versatilidade para a família por R$ 449.190. Divertido e estiloso, este felino mostra que só faz SUV chato quem quer. Mas lembre que você ainda terá que levar o carregador residencial, que sai das concessionárias por R$ 13 mil. Confira abaixo um resumo da trajetória da Jaguar até chegar no elétrico I-Pace.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros

Aston Martin Rapide totalmente elétrico será o novo carro de James Bond

Publicado

em

por

Os filmes do James Bond são clássicos marcados por carros como astros usados em perseguições e momentos de romance. Na próxima estreia mundial da famosa série, o agente 007 vai trocar seu possante V8 DB10 pelo novo Aston Martin Rapide E, de edição limitada e totalmente elétrico.

LEIA MAIS: Jeep Renegade e Compass entrarão para a lista de carros híbridos plug-in


Rapide
Divulgação

O Aston Martin Rapide E terá uma produção limitada em 155 unidades que serão vendidas após a estreia do filme em abril de 2020

Para vendas especiais pós-filme, até agora, a Aston Martin confirmou a produção de 155 unidades do Rapide E. As primeiras entregas para o público estão programadas para depois do lançamento do longa. O Rapide E terá velocidade máxima de 250 km/h, fará de 0 a 100 em menos de 4 segundos. Promete mais de 200 quilômetros de autonomia com uma bateria de 65kW. Dois motores  elétricos traseiros produzirão cerca de 600 cavalos de potência. Será vendido por cerca US$ 331.000.

O personagem James Bond sempre dirigiu carros de luxo que mostraram a tecnologia de uma época. Não surpreende, agora, ser dono de um carro elétrico .


Rapide
Divulgação

O filme da série James Bond sempre mostrou tecnologias de uma época e não é de surpreender que agora use um carro EV

Ainda sem nome divulgado e com estreia prevista para abril de 2020, o novo filme tem direção do cineasta e ambientalista americano Cary Joji Fukunaga. Vencedor do Emmy com a série “True Detectives”, ele contará com o ator Daniel Craig, 50 anos, como protagonista – que interpretará pela quinta vez o espião, já vivido por Sean Connery, Roger Moore e Pierce Brosnan.

Fórmula E em Cannes 

Outra ação do cinema mundial também destaca veículos elétricos. Foi apresentado no Festival de Cannes, na França, o documentário  “And We Go Green”, que aborda as corridas de carros elétricos na Fórmula E. O filme é dirigido pelos vencedores do Oscar Fisher Stevens e Malcolm Venville e produzido por Leonardo DiCaprio.

LEIA MAIS: Todos os modelos da Toyota devem se tornar híbridos


Fórmula E
Divulgação

O ator Leonardo DiCaprio é fã de carros elétricos e tem uma equipe na Fórmula E, categoria que considera o futuro do automobilismo

Trata-se de um olhar para os bastidores do campeonato mundial da categoria do automobilismo que mais cresce nos últimos quatro anos. O documentário narra como essa inovadora corrida de automóveis elétricos amadureceu. Atualmente, um veículo da Fórmula E chega a uma velocidade de 280 km/h.


Fórmila E
Divulgação/FIA

Um carro elétrico da Fórmula E, campeonato que mais cresce no mundo, chega a atingir uma velocidade de 280 km/h

O filme apresenta cenas da temporada vitoriosa do piloto francês Jean-Eric Vergne e um resumo das 16 provas em países como Arábia Saudita, China, Estados Unidos, Mônaco, França e México. Na América do Sul, o Chile é o único a ter uma prova no calendário. No Brasil, São Paulo e Rio de janeiro brigam para sediar um GP de Fórmula 1. Talvez, um deles poderia buscar ter uma prova do Campeonato Mundial de Fórmula E que, certamente, atrairia muita atenção do público brasileiro.

LEIA MAIS: Ford Mustang terá motor híbrido de alto-desempenho em 2020

O documentário mostra como a competição impulsiona o desenvolvimento tecnológico e como o esporte pode alterar as percepções de veículos elétricos. “And We Go Green” também se encaixa no interesse de DiCaprio no combate ao aquecimento global e à poluição do ar.

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana