conecte-se conosco


Internacional

Dois filhos de Flordelis são suspeitos de matar o pai após suposta traição

Publicado

em

IstoÉ

Flordelis
Reprodução/Cléber Mendes/Agência O Dia

Velório do pastor Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD-RJ)

A investigação do assassinato do pastor Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal Flordelis (PSD), aponta que dois filhos do casal são suspeitos pela polícia de matar o próprio pai, de acordo com informações do portal G1.

Leia também: Filho de Flordelis é detido no enterro suspeito de participar da morte do pai

Segundo a reportagem, uma das linhas de investigação da polícia mostra que é eles que teriam cometido o crime para defender Flordelis , após descobrirem uma relação extraconjugal de Anderson.

Durante o enterro nesta segunda-feira (17) a polícia prendeu, discretamente, Flávio dos Santos, filho biológico apenas de Flordelis. Já Lucas, de 18 anos, que é adotado, foi encontrado na casa onde o pastor foi morto.

Os dois prestaram depoimento durante a tarde desta segunda-feira na Delegacia de Homicídios de Niterói sobre o caso.

Leia também: Jean Wyllys provoca Carlos Bolsonaro: “Poderia ser uma uma bicha como eu sou”

“Isso é ridículo, acusar alguém sem provas”, disse a deputada Flordelis , que acredita que Anderson morreu durante uma tentativa de assalto. “É nisso que eu acredito, que foi um assalto, e que ele morreu defendendo a família.”

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Policial grávida atingida por tiro durante assalto perde bebê

Publicado

em

por

Policial do Pará foi baleada em tentativa de assalto arrow-options
ARQUIVO PESSOAL / REPRODUÇÃO

Policial Ketlen Lima, de 23 anos, reagiu a assalto na cidade de Ananindeua

A polícia do Pará confirmou na noite do sábado (20) a morte do feto carregado pela policial militar Ketlen Lima Silva, de 23 anos, vítima de tentativa de latrocínio na cidade de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. 

Ketlen, grávida de cinco meses, foi atingida por um tiro durante tentativa de assalto em um conjunto residencial da cidade. O projétil atingiu o pulmão e o coração da soldado, que continua internada na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Metropolitano.

Leia também: policial militar grávida é baleada em tentativa de assalto

Os médicos consideram que a cirurgia da vítima foi satisfatória, mas o estado de saúde dela ainda é grave. O bebê não resistiu. O suspeito do crime, que além de atirar na policial, roubou a arma dela, ainda não foi encontrado. 

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana