conecte-se conosco


Agro News

Curso atualiza profissionais da indústria da pesca para atender ao mercado europeu

Publicado

em

A Secretaria de Aquicultura e Pesca promove, a partir da próxima segunda-feira (15), o Workshop Internacional de Capacitação das Indústrias de Aquicultura e Pesca para o Mercado Europeu. O evento é uma ação conjunta entre o ministério, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e o Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (Sinpi).

As aulas ocorrerão até o dia 19 de julho na sede do sindicato, em Itajaí (SC). Serão ministradas por especialistas internacionais da FAO que abordarão aspectos sobre sanidade e inocuidade dos produtos pesqueiros destinados ao mercado europeu.

O objetivo do workshop é atualizar conhecimentos e práticas do parque industrial brasileiro para que atendam a critérios e normas dos importadores europeus. Isso porque, desde janeiro do ano passado, as indústrias brasileiras de pescado estão impedidas de exportar para a Europa,  principalmente, em função de requisitos de ordem sanitária exigidos dos estabelecimentos industriais na produção e industrialização.

Entre os assuntos que serão abordados estão a implementação de programas de pré-requisitos (PRPs), incluindo rastreabilidade do sistema de análise de perigo e pontos críticos de controle (HACCP) e de projetos adequados das áreas de produção, de infraestrutura de estabelecimento de processamento e de barcos congeladores.

O Workshop é oferecido a 60 participantes indicados por entidades representativas da indústria da aquicultura e da pesca, além de órgãos governamentais relacionados à atividade.

A programação completa do curso pode ser conferida aqui. 

Mais informações à Imprensa:

Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro News

Recadastramento de pescadores deve começar em cerca de 30 dias

Publicado

em

por

O novo Registro Geral de Pesca (RGP) está pronto, anunciou nesta sexta-feira (19) o secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Jorge Seif Junior. De acordo com Seif, em aproximadamente 30 dias deverá ser iniciado o recadastramento dos pescadores. “Ainda será editada uma instrução normativa com todas as regras a serem atendidas para ingresso no novo sistema, que permitirá o cruzamento de dados com tecnologia usada por bancos digitais”, afirmou. O secretário alerta aos trabalhadores da atividade que se organizem, desde já, para apresentar toda a documentação.

O registro anterior, por conter irregularidades, foi suspenso atendendo a recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU). Além de recadastrar os pescadores, o novo Registro Geral de Pesca vai permitir a inclusão dos profissionais que pescam com protocolo desde 2015, ano em que o sistema foi suspenso.

O prazo para lançamento da ferramenta foi ampliado para atender aperfeiçoamentos que deverão evitar eventuais fraudes. O cadastro é necessário para que o pescador tenha acesso à carteira de pesca e a benefícios como o seguro defeso.

O descadastramento de pessoas que não tinham o direito de receber o seguro defeso já resultou, de acordo com dados da secretaria, em economia de R$ 6 milhões por ano. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em articulação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, disponibilizou a liberação de linha direta para o descadastramento dos beneficiários do seguro-defeso. O cancelamento do benefício pelo telefone 135 facilitou o desligamento voluntário por pescadores sem direito ao seguro, o que evitou a aplicação, nesses casos, de possíveis penalidades.

 

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana