conecte-se conosco


Esportes

Cristiane passará por exames no Brasil após sentir lesão em derrota da seleção

Publicado

em

lesão de cristiane
Reprodução

Cristiane sentiu a coxa na prorrogação do jogo entre Brasil x França

seleção feminina do Brasil foi eliminada da Copa do Mundo neste domingo (23) após perder na prorrogação, por 2 a 1, para a França. Além da tristeza pelo revés, os torcedores ficaram preocupados com a lesão da atacante Cristiane que deixou o gramado com dores na coxa.

Acompanhando a seleção na França, o médico Nemi Sabeh Jr. falou sobre a lesão de Cristiane . “Ela sentiu uma dor na coxa esquerda, no músculo quadríceps e não conseguiu continuar a partida. Fiz uma avaliação clínica, mas o ideal é aguardar de 24 a 48 horas para ver a evolução e, então, fazer exames complementares quando chegar ao Brasil para entender o estado real da lesão”, disse o cirurgião-ortopedista e médico da Seleção Brasileira

No cargo há 10 anos, o Dr. Nemi conhece as condições de cada uma das atletas. “O objetivo do Departamento Médico era levar as jogadoras aos 90 minutos de partida, mas claro, sempre respeitando o ambiente e a intensidade de jogo”, declarou.

O Mundial das lesões

marta na seleção
Assessoria / CBF

Assim como Cristiane, Marta se lesionou antes da Copa do Mundo, mas conseguiu retornar para os jogos da seleção

A participação do Brasil na Copa do Mundo feminina foi marcada por lesões. Pouco antes da estreia da seleção a zagueira Érika sofreu uma lesão na panturrilha e foi cortada do elenco. No mesmo tempo, Marta sentiu uma lesão muscular na região posterior da coxa esquerda e perdeu o jogo contra a Jamaica.

A meio-campista Formiga também sentiu uma entorse leve no tornozelo, mas só perdeu a partida contra a Itália na última rodada da fase de grupos. O mesmo jogo teve a ausência da atacante Andressa Alves que sentiu uma lesão muscular na coxa esquerda.

Leia também:  Emocionada, Marta pede renovação no futebol brasileiro feminino; veja

Quem também acompanha as notícias sobre a lesão de Cristiane é o São Paulo Futebol Clube. Em janeiro a atleta do Brasil de 34 anos se juntou a equipe feminina do Tricolor Paulista para a temporada de 2019.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Internacional vence Palmeiras nos pênaltis e vai às semis da Copa do Brasil

Publicado

em

por

Lance

Pelas quartas de final da Copa do Brasil%2C Inter bate o Palmeiras nos pênaltis arrow-options
Max Peixoto/DiaEsportivo/Agência O Globo

Pelas quartas de final da Copa do Brasil, Inter bate o Palmeiras nos pênaltis

O Internacional está nas semifinais da Copa do Brasil. Depois da vitória colorada, por 1 a 0, no tempo regulamentar, com gol de Patrick, os donos da casa levaram a melhor nos pênaltis, nesta quarta-feira, no Beira-Rio e venceram por 5 a 4. Marcelo Lomba defendeu a cobrança de Gustavo Gómez e Moisés mandou a bola no travessão. Weverton defendeu a do autor do gol. 

Com o resultado, o time gaúcho enfrenta o Cruzeiro na semifinal, nos dias 7 e 14 de agosto. Na outra chave, Grêmio e Athletico-PR lutam pela vaga na decisão. 

Pressão colorada
Em desvantagem pela derrota de 1 a 0, no jogo de ida no Allianz Parque, o Inter conseguiu fazer o jogo ideal no Beira-Rio, com maior posse de bola e uma marcação no campo de defesa no Palmeiras, que não deixou espaços para os rivais criarem. Os donos da casa eram comandados por D´Alessandro e exploravam as laterais. Weverton fez boas defesas em finalizações de Moledo, Nico López e Guerrero. Do outro lado, o Verdão conseguiu encaixar alguns contra-ataques e Lomba teve trabalho com Deyverson e Dudu. 

Valeu insistir
Nos minutos finais da primeira etapa, o Inter cresceu, empurrado pelos mais de 40 mil torcedores presentes. E a insistência deu resultado. Aos 40, Patrick aproveitou rebote de um chute de Edenilson e finalizou da entrada da área. A bola desviou em Luan e encobriu Weverton para quebrar o recorde de 1200 minutos sem sofrer gols da dupla de zaga alviverde. O resultado levava a partida para os pênaltis. 

Paredão palmeirense
O segundo tempo começou com o Inter em busca de mais um gol, em ritmo. Weverton brilhou com grandes defesas em lances de Nico López e Cuesta, impedido. Mas o Verdão, mais compacto com a entrada de Moisés, conseguiu conter o ímpeto do Colorado. A partida ficou truncada com menos oportunidades para ambos os lados. Aos 37, o árbitro chegou a apontar um pênalti para o Palmeiras, anulado após revisão no vídeo. 

VAR em ação
Nos acréscimos, o sentimento de frustração tomou conta do Beira-Rio. Após cobrança de escanteio de D´Alessandro, Cuesta ganha pelo alto e marcou o que seria o gol da classificação colorada. Na revisão do lance, no entanto, o árbitro viu falta em Felipe Melo. O camisa 10 do Inter foi ainda expulso por reclamação. 

Pênaltis
Nas penalidades, Lomba defendeu cobrança de Gustavo Gómez e Weverton, a de Patrick. Nas batidas alternadas, Moisés mandou a bola no travessão e confirmou a sofrida classificação dos gaúchos. 

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 (5) X (4) 0 PALMEIRAS

Data/Hora: 17/07/2019, às 21h30 (de Brasília)
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Gramado: Bom
Público/ Renda: 38.836 pagantes; 42.344 presentes/R$ 2.306.661,00.
Árbitro: Rafael Traci (SC) Nota L!: 5,5 – Decisões polêmicas para os dois lados
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ)
Árbitro de vídeo: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Assistentes de VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ) e Michael Correia (RJ)
Cartões amarelos: Nico López, D´Alessandro, Wellington Silva (INT); Dudu, Luan, Gustavo Gómez, Marcos Rocha (PAL)
Cartões Vermelhos: D´Alessandro, 49’/2ºT (INT) e Pedro Lucas, 55’/2ºT (INT)

Gol: Patrick (40’/1ºT, 1-0)

Pênalits: Guerrero (1-0), Bruno Henrique (1-1), Rafael Sobis (2-1), Edenilon (3-1), Diogo Barbosa (3-2), Rodrigo Lindoso (4-2), Luan (4-3), Willian (4-4), Nonato (5-4)

Internacional: Marcelo Lomba; Bruno (Nonato, 30’/2ºT), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel (Wellington Silva, 41’/2ºT); Rodrigo Lindoso, Edenilson e Patrick; D’Alessandro, Nico López (Rafael Sobis, 19’/2ºT) e Guerrero Técnico: Odair Hellmann

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Moisés, intervalo); Dudu, Zé Rafael (Willian, 13’/2ºT) e Deyverson (Carlos Eduardo, 29’/2ºT) Técnico: Luiz Felipe Scolari

Continue lendo

Polícia

Política MT

Política Nacional

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana